IX Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana

Segurança e Responsabilidade em um Mundo Multipolar

Também disponível em Deutsch

A Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana no Rio de Janeiro reuniu políticos, acadêmicos, militares, diplomatas, intelectuais e representantes da sociedade civil da Europa, América Latina e EUA para debater temas relevantes sobre Segurança Internacional.

Imagem 1 de 28
Abertura Forte de Copacabana 2012

Para discutir os novos constrangimentos da política internacional e os possíveis rumos para a Europa e o Brasil, a Fundação Konrad Adenauer no Brasil (KAS) e o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), com o apoio da Delegação da União Europeia, realizaram a IX Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana, no dia 19 de setembro, no Hotel Windsor Atlântica, no Rio de Janeiro, com o tema Segurança e Responsabilidade em um Mundo Multipolar.

Além de representantes da ONU, da União Europeia e da OTAN, o evento também contou com a presença de representantes da Alemanha, França, Brasil, Perú e da Africa do Sul. O evento é o único do setor na América Latina e neste ano conseguiu reunir nomes como o embaixador Guilherme Patriota, da Presidência da República do Brasil, Walter Stevens, da União Europeia, Edmond Mulet, da ONU e Mario Sánchez Debernardi, do Ministério da Defesa do Perú.

Estratégias e ferramentas para a articulação de projetos de segurança comuns ao Norte e ao Sul, a legislação internacional, e as diferentes legislações nacionais, bem como as oportunidades para a cooperação entre países do Norte e do Sul eram alguns dos temas abordados pela Conferência.

Um relatório amplo está disponivel no formato PDF.

Autores

Daniel Edler, Gustavo Bezerra

Série

Contribuições aos eventos

publicado

Brasilien, 21 de Setembro de 2012