XIV Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana 2017

A Conferência Europeia-Latino-americana apresentou temas atuais de segurança internacional

Também disponível em Deutsch, English

Os temas do evento foram a nova ordem global, ameaças cibernéticas assim como tráfico internacional de drogas e crime organizado

Imagem 1 de 14
Woischnik

Jan Woischnik, Representante da Fundação Konrad Adenauer no Brasil, na abertura da Conferência

Na sexta-feira passada, no dia 29 de setembro, aconteceu a Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana no Rio de Janeiro. A Conferência deste ano, que teve como tema “Arquitetura de Segurança: um intercâmbio entre América do Sul e Europa”, teve palestras iniciais de Norbert Lammert, Presidente do Parlamento Federal Alemão (Bundestag) e Vice-Presidente da Fundação Konrad Adenauer (KAS), e Raul Jungmann, Ministro da Defesa do Brasil. Temas como a nova ordem global, cyber segurança e defesa e tráfico internacional de drogas e crime organizado foram discutidos por um grande número de especialistas internacionais. Entre outros, estiveram presentes Nathalie Tocci, Assessora Especial da Alta Representante da União Europeia para Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, a Tenente-General Chris Whitecross, Comandante da Escola de Defesa da OTAN em Roma, Roderich Kiesewetter, Membro do Parlamento Federal Alemão pela União Democrata-Cristã (CDU), e Alexis Goosdeel, Diretor do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência. A Conferência, que em seus 14 anos de história tornou-se a maior conferência de segurança da América Latina, contou este ano com uma inovação: pela primeira vez foram publicados Policy Papers, que refletem os temas centrais do evento, identificam desafios e fazem recomendações políticas para o futuro.

Link para os Policy Papers: http://www.kas.de/brasilien/pt/publications/50172/

Autor

Diogo Winnikes

Série

Contribuições aos eventos

publicado

Brasilien, 4 de Outubro de 2017