Encontro Alumni KAS 2017 - Discussão sobre o futuro da Alemanha e Europa após eleições de setembro

Palestra e debate com o cientista político alemão Christian Hacke

Também disponível em Deutsch

"Alemanha e Europa depois das eleições gerais em setembro de 2017" foi o título da exposição do professor Christian Hacke durante o encontro anual dos Alumni KAS no Brasil, no dia 1º de novembro de 2017, no Rio de Janeiro.

Imagem 1 de 6
Jan Woischnik

O representante da KAS Jan Woischnik saúda os participantes em sua fala de abertura

O representante da Fundação Konrad Adenauer (KAS) Jan Woischnik abriu o "Encontro Alumni KAS 2017" no dia 1º de novembro, no Rio de Janeiro. Esse evento anual visa fortalecer a rede dos Alumni da KAS no Brasil e possibilitar aos presentes um fórum de discussão sobre assuntos da atualidade política.

Nesse sentido e para fomentar a interação da rede com os programas da KAS no Brasil, a cientista política e professora do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Silvana Krause teve a palavra. Ela apresentou a ideia de uma rede colaborativa direta entre os Alumni e os parceiros da KAS no Brasil. A proposta foi bem recebida e a ideia vai ser desenvolvida pelos próprios membros da rede.

O encontro contou com o cientista político alemão Christian Hacke como palestrante de honra dessa vez. Ele fez uma exposição sobre "Alemanha e Europa depois das eleições gerais em setembro" e participou no debate em seguida. Hacke analisou o resultado das eleições e os impactos para Alemanha e Europa, destacando que a Alemanha se encontra perante desafios tanto na política interna quanto externa. Segundo ele, o resultado das eleições pode ser dividido em duas partes: a continuidade, com a permanência da CDU/CSU como partido mais forte; e a surpresa, com uma revitalização da FDP e o surgimento de um novo partido, a AfD. Ele identificou desafios por conta dos programas partidários diversos no desenvolvimento da coalizão Jamaica, mas também no diálogo com a AfD, que deverá ser feito de forma fundamentada. Acrescentando a isso, ele aponta para a necessidade de um avanço na economia da Europa, assim como a política externa da Alemanha, que deveria também se orientar fortemente para além das fronteiras europeias. Christian Hacke é PhD pela Universidade Livre de Berlim, professor emérito no Instituto de Ciência Política e Sociologia da Universidade de Bonn, e ex-bolsista da KAS.

O debate despertou muito interesse e foi mediado pela jornalista e tradutora Kristina Michahelles, atual diretora executiva da Casa Stefan Zweig.

Estiveram presentes ex-bolsistas de todas as regiões do Brasil: Atibaia, Belém, Bento Gonçalves, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Piracicaba, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Santana do Livramento, São Paulo e Sorocaba. Os prefeitos de Bento Gonçalves e Sorocaba, e uma vereadora de Piracicaba, todos eles ex-participantes em programas informativos e de diálogo da KAS, estiveram no Rio nessa ocasião.

Autor

Carla Shores

Série

Contribuições aos eventos

publicado

Brasilien, 10 de Novembro de 2017