O papel da mulher na democracia: desafios e oportunidades nas eleições de 2018

Debate crítico sobre a realidade política do Brasil

Também disponível em Deutsch

Como a renovação política do Brasil pode ser bem-sucedida? Qual o papel da participação política das mulheres na formação do futuro do país?

Imagem 1 de 6
Jan Woischnik fez a abertura do evento e parabenizou a nova presidente do PSDB-Mulher Yeda Crusius pela sua eleição

Jan Woischnik fez a abertura do evento e parabenizou a nova presidente do PSDB-Mulher, Yeda Crusius, pela sua eleição.

2018 é um ano decisivo para a estabilização da democracia brasileira. É o ano das eleições que direcionarão o futuro do Brasil. Com essas palavras, o Representante da KAS Brasil, Jan Woischnik, iniciou a abertura do evento no qual estiveram presentes 70 representantes do PSDB-Mulher, partido parceiro da KAS. Corrupção, abusos de poder e obtenções de vantagens pessoais – por muito tempo, associados à impunidade – dominaram o sistema político brasileiro. Como consequência disso, a confiança dos brasileiros nas instituições democráticas caiu consideravelmente, disse o Representante da KAS Brasil. De fato, a Fundação Getúlio Vargas identificou em 2017 que a confiança dos brasileiros no Judiciário (24%), no Legislativo (7%) e no Executivo (6%) chegou ao fundo do poço. Apenas 13% dos brasileiros estão satisfeitos com a democracia (fonte: Latinobarómetro); esta é a porcentagem mais baixa na comparação entre os países da América Latina. Em outubro deste ano, serão realizadas eleições para a Presidência da República, os Governos dos Estados, o Senado Federal, a Câmara dos Deputados e as Assembleias Legislativas Estaduais e do Distrito Federal. Devido à grande insatisfação da população, há o risco de que candidatos populistas e radicais possam ganhar as eleições e moldar o futuro do Brasil. Por outro lado, Jan Woischnik afirmou que as próximas eleições oferecem uma grande oportunidade para a renovação política. No entanto, o Brasil não deveria deixar passar a possibilidade de restaurar a credibilidade dos partidos e atores políticos.

Reconhecendo os riscos e as oportunidades das eleições de outubro, representantes do PSDB-Mulher analisaram criticamente a atual situação política do país e debateram valores inerentes a uma democracia forte nos dias 24 e 25 de maio em Belém. Discutiu-se que corrupção e benefícios pessoais estão atrelados não apenas à esfera política; ao contrário, ambos são problemas profundamente enraizados na sociedade brasileira. Além disso, cientistas políticos e especialistas brasileiros abordaram a influência perigosa de fake news e crimes cibernéticos na campanha eleitoral e no resultado das eleições.

Outro ponto de debate do seminário foi a baixa participação das mulheres no sistema político brasileiro. Em uma democracia representativa, o fortalecimento da participação política das mulheres é crucial para o processo de tomada de decisão na sociedade. Além de atividades focadas em conteúdo político, as mulheres também puderam praticar suas habilidades retóricas e estratégias de argumentação em exercícios concretos de discussões políticas.

O seminário foi acompanhado por Annette Schwarzbauer, Desk Officer responsável pelo Brasil no time da América Latina no escritório central da KAS em Berlim.

Autor

Franziska Hübner

Série

Contribuições aos eventos

publicado

Brasilien, 24 de Maio de 2018

Contacto

Franziska Hübner

Representante Adjunta

Franziska Hübner
Tel. +55 21 2220 5441
Fax +55 21 2220 5448
Idiomas: Deutsch,‎ English,‎ Español,‎ Italiano,‎ Português