DIÁLOGO MERCOSUL-UNIÃO EUROPEIA

SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS, SEGURANÇA ENERGÉTICA E ALIMENTAR

Agosto 15 Terça-feira

Data/hora

15 - 16 de Agosto de 2017

Lugar

Casa das Nações Unidas no Brasil – Complexo Sérgio Vieira de Mello, Conjunto C, lote 17, módulo II, Setor de Embaixadas Norte quadra 802, Brasília, Brasil

Tipo

Discussão

Esta conferência é dedicada a pesquisar o potencial de cooperação entre o Mercosul e a União Europeia no contexto da implementação dos ODSs e as NDCs relacionadas com as mudanças climáticas, a segurança energética e alimentar.

Também disponível em English, Deutsch, Español

Clique aqui para a agenda completa do evento.

A adoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) pelas Nações Unidas, em 2015, reforçou o compromisso de seus Estados membros com uma ampla gama de ações, visando promover um equilíbrio entre as prioridades sociais, ambientais e econômicas. Paralelamente, o Acordo de Paris de 2016 criou um sistema multilateral para lidar com as mudanças climáticas com base em contribuições nacionalmente determinadas (NDCs) que exigirão um conjunto complexo de ações, incluindo mitigação, adaptação, desenvolvimento, transferência de tecnologia, treinamento e financiamento. Como os membros do Mercosul e da União Europeia enfrentarão esses desafios com vista a proporcionar segurança alimentar e energética?

As incertezas causadas pelo Brexit e a saída de Donald Trump do Acordo de Paris poderiam contribuir ao avanço das conversações sobre um acordo de livre comércio entre a UE e o Mercosul? A União Europeia e o Mercosul iniciaram negociações comerciais em 1999. Após várias pausas e retomadas, em maio de 2016, a UE e o Mercosul trocaram ofertas e uma rodada de negociações aconteceu em março de 2017, em que ambos os blocos aceleraram na busca de um acordo. As negociações atuais cobrem uma ampla gama de questões, incluindo o desenvolvimento sustentável. Este acordo de livre comércio será parte da negociação geral para um Acordo de Associação birregional que também compreende um pilar político e de cooperação. Para os quatro países do Mercosul que negociam com a UE, a UE é o primeiro parceiro comercial do Mercosul - representando 21% do comércio total do bloco em 2015, sendo que as maiores exportações do Mercosul para a UE foram em produtos agrícolas, como gêneros alimentícios, bebidas e tabaco (24 %), produtos vegetais, incluindo soja e café (18%) e carnes e outros produtos de origem animal (6%). As exportações da UE para a região aumentaram de € 21 bilhões em 2005 para € 46 bilhões em 2015.

Esta conferência é dedicada a pesquisar o potencial de cooperação entre o Mercosul e a União Europeia no contexto da implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) e as Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDCs) relacionadas com as mudanças climáticas, a segurança energética e alimentar. O primeiro dia será um workshop fechado de especialistas, e o segundo dia será um debate público com as comunidades políticas e acadêmicas sobre o Diálogos Mercosul - União Europeia.

O projeto é o resultado da colaboração entre o Programa Regional de Segurança Energética e Mudanças Climáticas na América Latina da Fundação Konrad Adenauer (EKLA-KAS), o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI) e o Instituto de Pesquisa em Meio Ambiente, Segurança Energética e Desenvolvimento Sustentável (AMENDS).

Este projeto é apoiado pela ONU Meio Ambiente e pela Delegação da União Européia no Brasil.

Para se inscrever, acesse aqui. Vagas limitadas!

Agenda.

Itinerário

Vista ampliada do mapa

Logo Programa Regional EKLA KAS portugués

Contatos

Karina Marzano Franco

Coordenadora de Projetos

Karina Marzano Franco
Tel. +55 21 2220 5441
Fax +55 21 2220 5448
Idiomas: Português,‎ Deutsch,‎ English,‎ Español,‎ Français

Parceiros

Centro Brasileiro de Relações Internacionais - CEBRI Instituto de Pesquisa em Meio Ambiente, Segurança Energética e Desenvolvimento Sustentável Delegação da União Europeia no Brasil ONU Meio Ambiente